A Paróquia Nosso Senhor Bom Jesus

A paróquia dedicada a Nosso Senhor Bom Jesus de Carazinho foi criada por Dom Attico Eusebio da Rocha, bispo de Santa Maria em 28 de abril de 1927, mas os primórdios da presença da Igreja nestas terras tem sua origem com a doação de uma quantia de terras ao Senhor Bom Jesus do Iguape por Pedro Vargas e outros devotos.

A primeira capela foi construída pelo ano 1870 e aberto um cemitério. Em 1880 foi efetivada a doação dos terrenos pela família Vargas. O atendimento religioso nesta região se dava pelo trabalho dos padres de Passo Fundo até a data de criação da paróquia.

Com a criação da paróquia Bom Jesus, o território dedicado aos trabalhos paroquiais foram desmembrados das paróquias Conceição de Passo Fundo e Santo Antônio de Palmeira das Missões.

O primeiro pároco foi Pe. José Salvá que trabalhou desde o dia 27 de dezembro de 1928 até o mês de junho de 1929. Pe. Salvá foi sucedido pelo Cônego João Batista Sorg que atuou do dia 23 de junho de 1929 até o dia 21 de fevereiro de 1959, sendo o responsável pela edificação da atual igreja Bom Jesus e muito bem quisto pelos seus paroquianos, vindo a falecer em nossa cidade no ano de 1966 e sepultado no Cemitério Paroquial. Sucedeu o Cônego João o Padre Albino Staviski, o qual recebeu a posse no dia 22 de fevereiro de 1959 e permaneceu por estas terras até o dia 2 de janeiro de 1960, quando assumiu o Padre João Gheno Netto aos 3 dias do mês de Janeiro de 1960 até 14 de agosto de 1965. Vem para Carazinho o Cônego Santo Guerra que permaneceu até 5 de janeiro de 1966, quando retornou para Carazinho o Padre Gheno permanecendo como pároco até o ano de 2014. Depois de tantos anos a frente da paróquia, Pe Gheno entregou o governo pastoral ao Pe. Jorge Haiss Hann em 23 de fevereiro de 2015. E no dia 4 de março de 2016 assume como pároco Pe. Mateus Danieli.

Desde a criação da paróquia muita coisa mudou na cidade e região. Hoje Carazinho conta com mais 3 paróquias. Com isso, nossas comunidades encontram-se todas dentro da cidade, nos bairros Sommer, Santo Antônio, Medianeira, Braganhollo e Centro.

A Imagem do Senhor Bom Jesus do Iguape

Foi encontrada uma pequena imagem pelo ano de 1647 na praia de Una, estado de São Paulo, vinda com a ressaca do mar. Diz a tradição que a imagem foi colocada com o rosto para o nascente e no dia seguinte estava virada com o rosto para o mar. Esta pequena imagem foi transportada até a barra do rio Ribeiro de Iguape e colocada na igreja Nossa Senhora das Neves.

A imagem representa Jesus no momento em que foi atado na coluna, coroado de espinhos e flagelado flagelado pelos soldados.

A devoção ao Senhor Bom Jesus do Iguape chegou a Carazinho por Pedro Vargas que tropeava mulas para São Paulo e escolheu este padroeiro para esta região.

A festa litúrgica em honra ao Senhor Bom Jesus é dia 6 de agosto quando a Igreja celebra a transfiguração do Senhor.

Igreja Bom Jesus

Antes de chegarmos a atual Igreja Matriz Bom Jesus, duas capelas foram construídas em frente a praça central do povoado de Carazinho. A primeira capela data de 1872 e a segunda capela de 1910. A atual igreja está construída exatamente onde estava a segunda pois aquela só foi desmanchada quando a nova tinha condições de receber os fiéis para os atos religiosos.

Para a construção da atual igreja foram oferecidas duas plantas mas como se imaginava que com o fim do ciclo da madeira o povoado fosse diminuir, se optou por uma construção mais sobrea e pequena, que teve seu início em 13 de junho de 1933. No dia 28 de janeiro de 1934 foi colocada a pedra fundamental (situada até hoje no átrio da igreja) a torre foi concluída em fevereiro de 1937 e em 29 de janeiro de 1939 foi consagrada a atual igreja com a presença de Dom Antônio Reis, bispo de Santa Maria.