Pe Gheno entrega cálice de ordenação para a família

No dia 08 de fevereiro o Pe João Gheno Netto realizou o desejo de entregar o cálice e a patena que recebeu no dia de sua ordenação sacerdotal. Depois de 63 anos desde aquele dia em que foi ordenado sacerdote e recebeu o cálice e a patena, Pe Gheno manifestou a intenção de que este sinal importante permanecesse com alguém da família. E o contemplado foi o Sr. Anacleto Gheno, o irmão mais novo do Pe João.

Para um presbítero muitos símbolos são representativos, como a primeira túnica e estola, o cálice da ordenação, a Bíblia, e outros presentes que ganha ao longo da caminhada. E para o Pe Gheno, a decisão de deixar o cálice e a patena para a família de seu irmão significa continuar com a história da família o verdadeiro vínculo da vocação e do amor a Deus, aos pais e acima de tudo, ao ministério assumido há 63 anos.

Os presentes foram entregues ao Sr. Anacleto e sua esposa Ione antes de retornarem para Campo Grande onde estão residindo atualmente.

Informações

Paroquia Bom Jesus

2 Comentários

  • Antônio Reis de Carvalho on 18 de julho de 2022

    Bom dia!
    Eu fiz uma pergunta no Google, e no que mais me interessou, foi o comentário deste site.
    Eu perguntei, se, o cálice que o sacerdote ganha no dia de sua ordenação, é presente pessoal, e, com sua morte deva ir para sua família, e não ainda não obtive essa resposta.

    Abc!

    Antônio

    • Paroquia Bom Jesus on 21 de julho de 2022

      O cálice da ordenação será destinado conforme a vontade do padre em seu testamento ou ainda em vida. Não existe uma regra definida. E, inclusive, no novo rito da ordenação não aparece mais a entrega do cálice ao néo-sacerdote. Os padres mais jovens não terão este objeto sacro para destinar a alguém

Deixe uma resposta